A Testemunha

A Testemunha

Edição: #01, Editora: Skript

4.3
Com base em 3 avaliações


Roteiro: Douglas Phillips Freitas, Arte: Alice Monstrinho, Italo Silva, Val Oliveira, Capa: Alex Tso, Amaury Filho E Marcel Bartholo

Em 1919, H.P. Lovecraft publicou pela primeira vez o seu conto intitulado DAGON.
Esta historieta conquistou o público e a crítica, e até hoje é considerada um dos contos mais famosos do autor e um dos primeiros a tratar dos mitos de Cthulhu, embora tal associação tenha sido feita posteriormente.

Dagon é citado em algumas passagens da Bíblia sendo um deus Semita que representava a fertilidade e a abundância na pesca. Entre as citações bíblicas, destaca-se a destruição de seu templo por Sansão.

Lovecraft utilizou o personagem em alguns contos, incluindo Dagon no panteão dos mitos lovecraftianos, como Cthulhu, Yog-Sototh, entre outros

Em homenagem ao centenário da obra, com roteiros de Douglas Phillips Freitas e arte de Alice Monstrinho, será produzido pela editora Skript um quadrinho que, ao mesmo tempo que dá continuidade aos fatos narrados no conto, revisita o mito da cidade perdida de R’Lyeh.

Além disso, essa HQ é também o prelúdio de NAS PROFUNDEZAS DA LOUCURA

Ler agora

Roteiro: Douglas Phillips Freitas, Arte: Alice Monstrinho, Italo Silva, Val Oliveira, Capa: Alex Tso, Amaury Filho E Marcel Bartholo

Em 1919, H.P. Lovecraft publicou pela primeira vez o seu conto intitulado DAGON. Esta historieta conquistou o público e a crítica, e até hoje é considerada um dos contos mais famosos do autor e um dos primeiros a tratar dos mitos de Cthulhu, embora tal associação tenha sido feita posteriormente. Dagon é citado em algumas passagens da Bíblia sendo um deus Semita que representava a fertilidade e a abundância na pesca. Entre as citações bíblicas, destaca-se a destruição de seu templo por Sansão. Lovecraft utilizou o personagem em alguns contos, incluindo Dagon no panteão dos mitos lovecraftianos, como Cthulhu, Yog-Sototh, entre outros Em homenagem ao centenário da obra, com roteiros de Douglas Phillips Freitas e arte de Alice Monstrinho, será produzido pela editora Skript um quadrinho que, ao mesmo tempo que dá continuidade aos fatos narrados no conto, revisita o mito da cidade perdida de R’Lyeh. Além disso, essa HQ é também o prelúdio de NAS PROFUNDEZAS DA LOUCURA

Veja maisQuadrinhos relacionados